Falta de acessibilidade para cegos: saiba como evitar multas para empresa em situação irregular

Acessibilidade 17/10/2019
Falta de acessibilidade para cegos: saiba como evitar multas para empresa em situação irregular

Todo e qualquer ambiente público, ou mesmo empresas e indústrias privadas, deve apresentar condições para pessoas com deficiência, seja por consciência de quem administra tais locais, seja para evitar multas. É o que acontece, por exemplo, quando pensamos na falta de acessibilidade para cegos e nas multas que as empresas podem tomar por apresentarem irregularidades. No post de hoje, aqui no blog da Wat, vamos entrar neste assunto e abordar temas essenciais para as empresas, como sobre multas e em como adaptar o espaço de trabalho. Continue a leitura!

LBI: o que diz a Lei de Inclusão sobre a falta de acessibilidade para cegos?

A primeira coisa que você que administra uma empresa deve saber é que sim, existem multas para falta de acessibilidade para cegos dentro do ambiente profissional. As multas, por sua vez, podem ser aplicadas em razão de vários fatores, como por falta de adaptação de espaços comuns,  ausência de canais de comunicação adaptados e até mesmo questões relacionadas ao comportamento e tratamento no dia a dia.

Dentro da Lei Brasileira de Inclusão, a LBI, não há um valor determinado de multa em casos de falta de acessibilidade para cegos. Porém, se for comprovada a discriminação e/ou não atendimento aos requisitos estruturais, o juiz (em decorrência de processo aberto) pode especificar um valor de acordo com sua percepção da situação, considerando os riscos expostos ao deficiente visual e descaso da empresa.

Acessibilidade para cegos: veja como preparar a sua empresa

Como vimos, toda e qualquer empresa pode ser multada se não se adaptar dentro dos padrões mínimos de acessibilidade para cegos e isso também vale para outros tipos de acessibilidade, como para pessoas com deficiências diversas. O grande segredo para evitar prejuízo financeiro é buscar previamente a adaptação dos espaços de trabalho. Algumas das soluções mais adequadas são:

  • Piso tátil direcional e de alerta: são soluções que permitem a movimentação de pessoas cegas dentro da empresa, já que as mesmas conseguem se locomover com base nas orientações táteis dos pisos. O modelo direcional, como o próprio nome deixa claro, tem como função orientar o trajeto. Já o piso tátil de alerta (também conhecido como piso de bolinha) alerta sobre obstáculos e perigos.
  • Linha braile: as famosas placas em braile devem ser instaladas em todos os ambientes da empresa, como em refeitórios, banheiros, almoxarifado, elevadores, escadas e assim por diante. São soluções que orientam sobre localização e garantem maior autonomia à pessoa com deficiência. As empresas podem contar com mapa tátil e ainda placas de braile para corrimão.

Fale hoje mesmo com a Wat!

Formada por profissionais que realmente entendem do assunto e que lidam com produtos de acessibilidade há muitos anos, a Wat é referência nacional para empresas que sofrem com falta de acessibilidade para cegos. Isso acontece porque aqui você encontra tudo o que precisa, na quantidade ideal para o seu negócio, e sempre com ótimas condições e preços. Tudo isso, evidentemente, sem deixar de lado a qualidade máxima dos itens disponíveis.

Está com dúvidas? Fale hoje mesmo com o nosso time comercial e comprove como um suporte especializado pode fazer a diferença. CLIQUE AQUI para enviar e-mail solicitando orçamento ou para esclarecer dúvidas iniciais. Nosso atendimento é personalizado e ágil, sempre! Você também pode telefonar para +55 (11) 3571-8343 / 2157-2160 / 2018-0028. Já por WhatsApp, os números disponíveis são: +55 (11) 94720-5606 / 99898-3760.

Crédito: RonBailey / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

 

(11) 94720-5606