Conheça os diferentes tipos de acessibilidade e suas definições

Acessibilidade 13/02/2019
Conheça os diferentes tipos de acessibilidade e suas definições

Uma sociedade mais acessível e inclusiva é uma sociedade moderna e adequada ao século XXI. Hoje em dia, não é mais aceitável qualquer tipo de discriminação às pessoas que possuem algum tipo de deficiência física ou mental, seja de qualquer natureza ou grau. Dentro deste cenário, conhecer os tipos de acessibilidade é uma mais que um diferencial, é uma obrigação de todos nós que buscamos uma convivência mais harmoniosa.

E, para compreendermos o que de fato são os tipos de acessibilidade, é fundamental que abordemos alguns assuntos. Por exemplo, a Declaração de Madri (2002) é um documento internacional assinado pela grande maioria dos países e que estabelece ações e compromissos para ampliar oportunidades às pessoas com deficiência em todo o mundo.

Outro ponto interessante diz respeito à legislação brasileira, que define o conceito de acessibilidade como a condição de utilização segura e com autonomia (assistida ou total) de todos os espaços, equipamentos urbanos, mobiliários, edificações, serviços de transporte e seus dispositivos, meios de comunicação e informação por parte de homens e mulheres, jovens, adultos e idosos, com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.

Há, inclusive, uma lei nacional sobre o tema. É o decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004.

Conheça os 8 principais tipos de acessibilidade

1 – Acessibilidade atitudinal: é a acessibilidade que diz respeito à percepção de terceiros sem preconceitos, estereótipos, estigmas e discriminações. Todos os outros tipos de acessibilidade, importante observar, estão relacionados a este item.  Exemplo: quando diretores, chefes e gerentes promovem ações de integração e conscientização.

2 – Acessibilidade arquitetônica: quando há a extinção de barreiras físicas e ambientais dentro de residências, espaços públicos e privados, edificações equipamentos urbanos. Exemplos: rampas, elevadores e banheiros adaptados, calçadas com piso tátil, etc.

3 – Acessibilidade metodológica: dentre os tipos de acessibilidade, esta também é conhecida como acessibilidade pedagógica e diz respeito à queda de barreiras nas metodologias de ensino. Exemplo: quando professores realizam trabalhos e estimulam exercícios com foco na aprendizagem de estudantes com deficiência, seja através da utilização de pranchas de comunicação, textos ampliados ou em braile, através de leitores de leta e/ou softwares ampliadores de comunicação alternativa, etc.

4 – Acessibilidade programática: quando há o objetivo de eliminar barreiras existentes em leis, portarias, decretos, regulamentos e normas que impedem o acesso à informação, conhecimento e aplicação de ações e políticas públicas que promovam a inclusão de estudantes com deficiência. Tem como foco o acesso destas pessoas à educação superior. Exemplo: quando são criadas e aprovadas leis, portarias ou decretos que objetivam avanços na abertura de vagas para pessoa com deficiência no ensino superior em todo o Brasil.

5 – Acessibilidade instrumental: visa superar barreiras em utensílios, instrumentos e ferramentas de estudo dentro das escolas e também em atividades profissionais, de recreação e lazer.

6 – Acessibilidade nos transportes: visa promover acesso facilitado e seguro aos meios de transportes públicos em todo o território nacional. Diz respeito, importante ressaltar, não somente aos veículos (ônibus ou trens), mas também aos pontos de parada, calçadas, terminais, estações e seus equipamentos disponíveis. Exemplos: rampas de acesso em terminais de ônibus.

7- Acessibilidade nas comunicações: diz respeito à acessibilidade que promove acesso à comunicação interpessoal (como língua de sinais), comunicação escrita em livros, apostilas, jornais e revistas e comunicação virtual. Exemplo: a presença de intérprete na sala de aula (conforme Lei de Libras e Decreto de Acessibilidade).

8 – Acessibilidade digital: tem como objetivo a eliminação de barreiras que possam impedir o acesso à comunicação digital, seja por dificuldades de acesso físico a determinados locais e também em relação a equipamentos e programas, assim como apresentação de conteúdos e informações em formatos não acessíveis. Exemplo: acessibilidade digital é uma realidade quando há materiais bibliográficos em braile ou em formatos de áudio para consulta de pessoas com deficiência visual.

Procurando soluções em acessibilidade? Está no lugar certo!

A Wat é uma empresa com anos de mercado e que trabalha com soluções de alto padrão quando o assunto é acessibilidade. Por aqui, sempre que precisar de variedade e qualidade, você conta com um estoque completo para viabilizar 100% do seu projeto de acessibilidade ou mesmo para substituir e/ou acrescentar algum item especial.

São vários modelos de piso tátil, barras de apoio, placas sinalizadoras, mapa tátil e muito mais. Outro diferencial é que independente de onde você se encontre, seu pedido chega com segurança e agilidade. A abrangência é nacional, para todo o território brasileiro. Além disso, o suporte técnico é especializado e você pode esclarecer suas dúvidas a qualquer momento, basta falar com um profissional da Wat!

Entre em contato clicando aqui e envie sua mensagem rapidamente. Se preferir, pode também entrar em contato pelos telefones: (11) 2018 – 0028 e/ou (11) 94720 – 5606 (WhatsApp).