Conheça os critérios da nova NBR 9050/2020

Acessibilidade 30/12/2020
Conheça os critérios da nova NBR 9050/2020

Parâmetros técnicos e critérios obrigatórios da nova NBR 9050/2020 garantem ambientes mais acessíveis e seguros para quem mais precisa

Toda e qualquer solução de acessibilidade deve atender a requisitos mínimos que são orientados por normas regulamentadoras. É o que acontece, por exemplo, com a nova NBR 9050/2020, que trata sobre acessibilidade e edificações em relação aos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, determinando critérios e parâmetros que devem ser seguidos nas fases de projeto, construção, instalação e até adaptação.

Principais pontos de atenção em relação a nova NBR 9050/2020

  • Publicação: a nova NBR 9050/2020 está vigente em todo o território nacional desde 3 de agosto de 2020.
  • Descrição: trata de acessibilidade em edificações, espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, estabelecendo parâmetros e critérios que devem ser seguidos nas fases de projeto, construção, instalação e também quando adaptações são necessárias.

Procurando por empresa de produtos de acessibilidade?

Você está no lugar certo! A Wat trabalha há muitos anos com o que há de melhor em soluções de acessibilidade para atender todos os padrões técnicos da nova NBR 9050/2020. São produtos de altíssimo padrão para você que busca piso tátil (direcional e de alerta), linha em braile e também soluções específicas para escadas acessíveis e banheiros acessíveis. Em outras palavras, você sabe que pode confiar no know-how de uma empresa que realmente entende do assunto e que é formada por profissionais especializados, que lidam diariamente com diversos produtos de acessibilidade. Aproveite: fale com um dos nossos especialistas e saiba TUDO sobre preços e condições.

Nova NBR 9050/2020: o que mais você precisa saber

  • Condições de mobilidade e percepção do ambiente: a nova NBR 9050/2020 considera condições especiais de segurança e acessibilidade para pessoas que utilizam ou não próteses, cadeiras de rodas, aparelhos de apoio, bengalas de rastreamento, sistemas assistivos e assim por diante.
  • Objetivo: a norma tem como objetivo principal garantir segurança e mais autonomia a pessoas com deficiência, independentemente da idade, limitação de mobilidade ou de percepção.
  • Outros pontos: áreas técnicas de serviço ou mesmo áreas com acesso restrito, como no caso de passagem de uso técnico ou casas de máquinas. Já as áreas de uso comum em edificações multifamiliares, em conjuntos habitacionais e condomínios, devem obedecer as melhores alternativas de acessibilidade.
(11) 94720-5606

Fale por Whatsapp

Skip to content